Curta metragem de animação mostra relação de amor com o cabelo crespo.

Curta metragem de animação mostra relação de amor com o cabelo crespo.

O curta de aproximadamente 6 minutos, mostra um pai aprendendo a mexer e arrumar o cabelo crespo da filha, que normalmente era feito pela mãe. De maneira leve e divertida, nos leva para uma reflexão sobre os lugares da paternidade: por que os pais de crianças crespas, em geral, não estão envolvidos no cuidado capilar de seus filhos?

O filme produzido pela Sony é inspirado no livro Hair Love de Matthew A. Cherry, que foi um dos produtores de Infiltrado no Klan. É também um dos recordistas de financiamento coletivo, arrecadando cerca de 284 mil dólares, ultrapassando a meta inicial em mais de 200 mil dólares.

Ainda falta muito para um lugar de equidade na representatividade da imagem negra dentro do audiovisual, mas curtas como esse nos dão uma perspectiva de que as coisas estão cada vez melhores.

 

× Qual é sua dúvida?