A relação entre homens pretos e seus cabelos

A relação entre homens pretos e seus cabelos

Usar os cabelos naturais é uma forma de identidade e resistência para os homens pretos. Fugir da química e assumir sua coroa é um ato de coragem em meio a tantos padrões impostos pela sociedade, mas não é fácil, requer cuidados diários e uma rede de apoio.

No post de hoje trouxemos o Leandro Ferraz. Leandro é homem preto, graduando de publicidade e assistente de relacionamento. Com 22 anos, Leandro assumiu seu crespo na pandemia. Morador do estado de São Paulo, produz conteúdos em seu instagram @leandroferrazr sobre cultura pop, lifestyle e pretitude.

Mudança de percepção

Com a infância marcada pela percepção que cabelo crespo comprido não é bonito, Leandro levou quase 20 anos para assumir seu cabelo. Ele conta que, quando pequeno, sua única possibilidade dada a ele era de raspar o cabelo e, por isso, não mantinha uma relação profunda com suas madeixas. Entretanto, no fim de 2019, esse cenário mudou. Em suas palavras: “Conforme ele foi crescendo, fui conhecendo produtos, penteados, finalizações e outras pessoas com cabelo com curvatura 4 c. Com a pandemia, fiquei mais em casa e achei que era o momento oportuno para deixar ele crescer. A cada centímetro que os fios cresciam, era um brilho no meu olho. Tratei e trato como um filho mesmo!”

Atual relação com o cabelo

Leandro define sua relação com o cabelo como cuidadosa e carinhosa. Em outras palavras: “eu entendi que ele faz parte do meu corpo e da minha identidade, e merece a devida atenção. Já lidei com o meu cabelo de uma forma muito negativa por conta do preconceito e racismo no passado.”

Leandro Ferraz @leandroferrazr

Referências e representatividade de homens pretos

Estar cercado de mulheres e homens pretos é fundamental para autoestima e saúde de pessoas pretas. A pouca representatividade na mídia tradicional é inquestionável. Por isso, busca por artistas e personalidades nas redes sociais se tornou parte do processo de empoderamento. Segundo Leandro, consumir conteúdos de pessoas que se parecem com ele foi essencial. “Com isso, comecei a perceber também quantas pessoas pretas estavam ao meu entorno, nos espaços Pasmem! As vezes só era eu. Então, com isso, tomei a missão de sempre compartilhar e falar sobre essas pessoas que são iguais a mim. A gente fala muito sobre representatividade, mas o mais importante disso é a proporcionalidade. Não ter só um pessoa que representa uma minoria, mas várias.”

Como manter a coroa saudável?

Para manter a coroa linda e saudável, é necessário cuidados diários, por isso, Leandro compartilha sua rotina:

  • “Lavar ele três vezes na semana, alternando entre dia sim e dia não;
  • Fazer umectação noturna no dia anterior da lavagem ou uns trinta minutos antes de lavar;
  • Fazer hidratação aos fins de semana, mas com calma e paciência. Toda essa paciência também faz parte do processo: dedicar esse tempo, esperar a hidratação agir, massagear o couro cabeludo;
  • Finalizar o cabelo com creme de pentear ou gelatina. Essa é a parte mais legal porque coloco uma playlist para ouvir e realmente dou atenção para os fios com a fitagem.”

“Deixe aflorar”

Por fim, Leandro deixou o recado: “Não desistam! A partir do momento que você entende que seu cabelo é uma parte sua, a relação com ele muda completamente. Você passa a tratá-lo como uma coroa. O que pode te salvar está dentro de você mesmo(a). Só deixe isso aflorar.”

Seja rei ou seja rainha, assumir sua coroa é um ato de amor próprio!

Visite nosso blog para mais conteúdos sobre cuidados.

× Qual é sua dúvida?