Mães solo

Mães solo

Você provavelmente conhece ou já ouviu falar sobre alguma mãe solo, infelizmente essa realidade é muito comum, principalmente entre nós, mulheres pretas.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no Brasil 5,5 milhões de crianças não têm o nome do pai no registro de nascimento. O Rio de Janeiro é o Estado que lidera o ranking com 677.676 crianças que não possuem o nome do pai na certidão de nascimento, São Paulo é o segundo da lista com 663.375 crianças com pai desconhecido. O estado com menor índice é Roraima com 19.203 casos.

Tendo em vista, não só esses dados, mas também a vivência e as dodoridades da realidade de muitas mulheres no país, nesse dia dos pais, decidimos fazer um singela homenagem. A mães solo fazem o papel de duas figuras importantes na vida do seu filho(a). É na infância que se precisa de referências para seguir, essas mulheres fazem esse papel, e ainda, ensinam valores e cuidam das suas crianças.

Nada disso é simples ou fácil, é um trabalho exaustivo, porque para além da criação de seus filhos, ela precisa trabalhar fora para trazer o sustento do seu lar, precisa cuidar da casa, estudar, e às vezes, não sobra tempo nem para si, as mães no geral abdicam de muitas coisas para que seu filho esteja bem, esteja confortável.

Hoje nós homenageamos essas mulheres que se fazem fortes, corajosas, destemidas, que desempenham esse papel de mãe e pai com maestria. Parabéns a todas as mães solos, que não abandonam suas responsabilidades e ao contrário, acabam puxando mais responsabilidades para si, fazendo tudo isso com muito amor e determinação. Desejamos que essa realidade seja cada vez mais incomum para as mulheres, que a sociedade pare de normalizar o abandono paterno e que os homens entendam a importância da presença deles na estrutura familiar, saúde e autoestima de seus filhos e das mulheres mães.

Feliz dia dos pais a todas as rainhas que são mães solo e a todos os papais responsáveis que cumprem seus papéis, que vão além do registro no nascimento e entendem a importância da sua presença na vida de seus filhos.

× Qual é sua dúvida?