Tereza de Benguela: Uma líder negra à frente de seu tempo

Tereza de Benguela: Uma líder negra à frente de seu tempo

Você sabe quem foi Tereza de Benguela? Se não, prepare-se para conhecer uma figura inspiradora da história brasileira.

Tereza de Benguela foi uma mulher negra e líder quilombola que viveu no século XVIII, no estado de Mato Grosso, região centro-oeste do Brasil.

Nascida por volta de 1700, Tereza de Benguela tornou-se uma figura notável por sua liderança e resistência. Ela foi uma das responsáveis por liderar o Quilombo de Quariterê, um dos maiores quilombos do Brasil colonial. Sob sua liderança, o quilombo prosperou e se tornou um verdadeiro exemplo de autonomia e organização.

Tereza de Benguela não apenas lutava pela liberdade de seu povo, mas também pela preservação de sua cultura, tradições e estilo de vida. Ela estabeleceu regras e normas dentro do quilombo, garantindo a sustentabilidade da comunidade e a segurança de seus habitantes.

Além disso, Tereza de Benguela destacou-se por sua habilidade política e diplomática.

Ela estabeleceu relações comerciais com cidades vizinhas e travou negociações com autoridades coloniais, buscando garantir a paz e a estabilidade do quilombo. Sua liderança corajosa e visionária desafiou as estruturas de poder da época, colocando-a à frente de seu tempo.

O dia 25 de julho ganhou especial importância na luta pelos direitos das mulheres negras e indígenas graças à figura de Tereza de Benguela. Nessa data, celebra-se o Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha, bem como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Essa é uma oportunidade de honrar e reconhecer não apenas a trajetória de Tereza de Benguela, mas também o legado de todas nós, mulheres negras, que resistiram e continuam a resistir ao longo da história.

Infelizmente, com o passar dos anos, o Quilombo de Quariterê acabou sendo alvo de uma ofensiva militar em 1770, resultando na destruição do quilombo. Tereza de Benguela foi capturada durante a invasão, mas informações precisas sobre seu destino são escassas.

É importante ressaltar que a história de Tereza de Benguela e sua liderança são amplamente reconhecidas, embora os detalhes específicos de sua vida e legado possam variar em diferentes fontes históricas. O papel de Tereza de Benguela na resistência e na luta pelos direitos da população negra é incontestável, e seu nome continua a ser celebrado como um símbolo de resistência.

Que a data de hoje continue a ser um lembrete do poder de transformação e da importância de lutar por justiça e igualdade.

“Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela” Angela Davis

 

 

Escrito por Emile Brito | Publicitária, criadora de conteúdo e influencer