Frete grátis acima de R$700

Enviamos para todo o Brasil!

Seu carrinho

Seu carrinho está vazio

Confira essas coleções:

Maya Angelou: quem é a 1ª mulher negra a estampar a moeda norte-americana

Maya Angelou: quem é a 1ª mulher negra a estampar a moeda norte-americana

Essa semana Maya Angelou foi anunciada como a  1ª mulher negra a estampar a moeda norte-americana, a escritora, cantora, atriz e ativista social será o novo rosto que aparecerá na moeda de 25¢. A iniciativa é da campanha American Women Quarters, um programa que irá homenagear mulheres importantes para a história dos Estados Unidos estampando seus rostos nas moedas. As homenagens também incluem Anna May Wong, Nina Otero-Warren, Wilma Mankiller e Sally Ride.

Pela primeira vez uma mulher negra estará presente na moeda e a escolha pelo nome de Maya Angelou não é para pouco. Angelou é, até hoje, uma figura notável não apenas na história estadunidense, a escritora conquistou o mundo com sua escrita, seu ativismo e sua habilidade de comunicação e pesquisa.

 

Quem é Maya Angelou?

Nascida em abril de 1928, Maya Angelou foi escritora, poetisa, atriz, cantora, bailarina e ativista negra. Aos 8 anos foi violentada pelo namorado da mãe e o viu morrer pouco depois espancado pelos seus tios. Esses dois fatos foram estopim para que Maya desenvolvesse um transtorno psicológico que a fez ficar muda por 5 anos. Mais tarde, a escritora revelou que sua recusa para falar se deu por medo de sua voz matar mais alguém. O transtorno foi enfrentado com ajuda de uma amiga da família que a apresentou obras de grandes escritores, o que foi essencial para o desenvolvimento da sua paixão pela escrita.

Anos depois, já maior de idade e mãe, Angelou conheceu grandes figuras como Martin Luther King, Nelson Mandela, Malcolm X, James Baldin e, até antes da fama, Oprah Winfrey. Estar dentro desses círculos sociais fez com que a escritora firmasse compromisso como ativista social negra e defensora dos direito civis. Em 1969 publicou sua primeira autobiografia intitulada “Eu sei por que o pássaro canta na gaiola”, onde relatou sua infância até os 16 anos trazendo em seu contexto temas como racismo, machismo e a pobreza.

Obras de Maya Angelou

Maya Angelou conta com uma extensa lista de trabalhos entre livros, poemas, peças de teatro, atuação no cinema e na televisão. Sua obra mais conhecida foi “Eu sei por que o pássaro canta na gaiola” que fez com que ela se tornasse uma das primeiras mulheres negras a emplacar um best seller nos EUA. Em 1993 Maya ganhou mais fama e reconhecimento após recitar seu poema “On the Pulse of Morning” na posse de Bill Clinton e receber um Grammy por ele.

O legado da autora e suas obras se mantém até hoje. A campanha American Women Quarters ao colocar seu rosto no moeda não seria a primeira homenagem, em 2015, um ano após sua morte, um selo do serviço postal dos Estados Unidos foi emitido em comemoração a Maya. Agora, em 2022 Angelou estará novamente no dia a dia dos norte-americanos para relembrá-los da potência que uma mulher negra tem.

Postagem anterior
Próxima postagem

Veja também

6 dicas de beleza para aproveitar o Carnaval em 2024

6 dicas de beleza para aproveitar o Carnaval em 2024

Por Marcos Paulo

O Carnaval chegou e queremos aproveitar com muito brilho, alegria e, é claro, beleza! Se você é uma Rainha que vai cair na folia, eu tenho certeza de que você...

Ler mais
Uma nova textura, um novo site, uma nova experiência

Uma nova textura, um novo site, uma nova experiência

Por Marcos Paulo

Lançamos uma nova textura e nosso novo site, acesse e confira tudo sobre essa novidade.

Ler mais